Mais absolvições na Câmara e provável Abertura de CPI contra Lula

 

A Pizza de José Mentor

José Mentor (PT – SP), ventríloquo de José Dirceu (PT – SP) na Câmara dos Deputados, responsável direto pela exclusão do Banco Rural e do nome de Paulo Maluf (à ocasião aliado a Lula e Marta Suplicy) da CPI do BANESTADO, que sabotou a ponto de torná-la inócua, confessou haver recebido R$ 120 mil do valerioduto petista “por serviços prestados”. Que tipo de serviço? Uma coisa é o que ele alegou, outra a verdade...

Enfim, como já se tornou praxe, o plenário da Câmara dos Deputados, por votação secreta, absolveu Mentor por 175 votos a 241. Seriam necessários 257 votos para cassá-lo; havia 447 deputados na Câmara, mas 15 deixaram de votar. Passou perto. Foi beneficiado, por um lado, pelo esvaziamento provocado do plenário, por outro pelo corporativismo que tomou conta da mais corrompida (pelo Executivo, cumpre sempre ressaltar) legislatura da história pátria.

A Oposição avalia que Mentor foi beneficiado pelo baixo quorum, uma vez que, se os 15 deputados presentes houvessem votado e os 66 que faltaram ali estivessem provavelmente seria cassado. Foi o caso de mensaleiro – talvez devido à sua íntima proximidade com Dirceu – que passou mais perto da cassação. Mas só isso. Segue livre, leve, solto e fagueiro.

O Conselho de Ética havia recomendado a cassação do deputado depois de derrubar o relatório de Edmar Moreira (PFL – MG) que pedia a absolvição. Mas o plenário, como já se tornou costume, contrariou o conselho e votou pelo arquivamento do processo contra Mentor.

Com ele sobem para 9 os deputados mensaleiros absolvidos desde o início do escândalo do mensalão em junho do ano passado. Mentor se junta a outros oito colegas absolvidos: João Paulo Cunha (PT-SP), João Magno (PT-MG), Wanderval dos Santos (PL-SP), Pedro Henry (PP-MT), Professor Luizinho (PT-SP), Roberto Brant (PFL-MG), Romeu Queiroz (PTB-MG) e Sandro Mabel (PL-GO).

Foram cassados até agora somente três: José Dirceu (PT-SP), Pedro Correa (PP-PE) e Roberto Jefferson (PTB-RJ).


CPI contra Lula

O senador Almeida Lima (PMDB – SE) conseguiu 34 assinaturas de Senadores para o pedido de abertura de uma CPI contra Lula. Precisava de pelo menos 27 para instalá-la.

Assinam a lista 12 Senadores do PSDB, 13 do PFL, cinco do PMDB oposicionista, três do PDT e uma Senadora do PSol: 

Almeida Lima (PMDB-SE)

Álvaro Dias (PSDB-PR)

Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA)

Arthur Virgilio (PSDB-AM)

Augusto Botelho (PDT-RR)

César Borges (PFL-BA)

Demóstenes Torres (PFL-GO)

Eduardo Azeredo (PSDB-MG)

Efraim Moraes (PFL-PB)

Flexa Ribeiro (PSDB-PA)

Heloisa Helena (PSol-AL)

Heráclito Fortes (PFL-PI)

Jefferson Perez (PDT-AM)

João Batista Motta (PSDB-ES)

Jonas Pinheiro (PFL-MT)

Jorge Bornhausen (PFL-SC)

José Agripino (PFL-RN)

José Jorge (PFL-PE)

Juvêncio Fonseca (PSDB-MS)

Leonel Pavan (PSDB-SC)

Lucia Vânia (PSDB-GO)

Luiz Pontes (PSDB-CE)

Mão Santa (PMDB-PI)

Marco Maciel (PFL-PE)

Maria do Carmo (PFL-SE)

Osmar Dias (PDT-PR)

Papaléo Paes (PSDB-AP)

Pedro Simon (PMDB-RS)

Ramez Tebet (PMDB-MS)

Rodolpho Tourinho (PFL-BA)

Romeu Tuma (PFL-SP)

Sérgio Cabral (PMDB-RJ)

Sérgio Guerra (PSDB-PE)

Tasso Jereissati (PSDB-CE)


Leitura adiada

Fecho estas considerações na madrugada de quinta-feira, 20 de abril.

O governo faz o possível para ganhar tempo e tentar impedir a criação da CPI contra Lula. É que Renan Calheiros (PMDB – AL), tradicionalmente e sempre governista, seja qual for o governo, atualmente presidente do Senado, deveria ler hoje o requerimento apresentado por Almeida Lima com as assinaturas necessárias para a CPI.

A leitura foi adiada porque “não foi feita a conferência das assinaturas”. O que deve acontecer nesta quinta.

Após ler o requerimento, Renan abre prazo para se retirar assinaturas ou incluir novos nomes. Depois disso, a CPI é instalada. Até este momento, nada indica que haja retrocesso neste processo, mesmo sendo este um ano eleitoral, durante o qual os Senhores Senadores deverão estar empenhados em suas campanhas estaduais. Menos ainda que os 34 que já assinaram venham a voltar atrás retirando as assinaturas. A conferir.


Lázaro Curvêlo Chaves – 20/04/2006

 




© Copyright libertad-digital.com





Development Services Network Presence
www.catalanhost.com